My 1st Way

Google

Google – uma ferramenta que hoje, a grande maioria das pessoas que utilizam a Internet diariamente, não conseguem mais viver sem. Em pouco tempo, a Google cresceu rapidamente e conquistou um consolidado espaço na rede. Isso porque a Google cria e aperfeiçoa suas ferramentas constantemente, trazendo inúmeras inovações com um simples clique do mouse. Mas, por trás dessas ferramentas, há uma gigantesca estrutura organizacional para dar conta de seus produtos.

Google Mapas

Há algum tempo atrás, a Google lançou seu sistema de Mapas e posteriormente o conhecido software Google Earth, mas, só há alguns meses que descobri, no próprio site da Google, a ferramenta de mapas que permite a visualização de ruas e lugares em 360º. Fiquei impressionado com a proposta e também muito feliz por poder conhecer de maneira tão interativa, via web, a cidade de Londres. Passear pelas ruas e ver as construções, monumentos e cartões postais da cidade de um ângulo de visão como se estivesse lá, foi uma experiência que aumentou ainda mais a minha ansiedade para conhecer a terra do chá das cinco.

Google Mapas - visão 360º

Confesso que fiquei horas e horas passeando por diversas ruas, tentando imaginar o tempo gasto, sem observar que até isso a Google calcula, tanto para trajeto a pé quanto de carro. Além disso, o próprio site permite que você trace um roteiro, ou que você aceite algumas sugestões em que você fará o trajeto da maneira mais rápida.

Uma das preocupações de qualquer pessoa que queira viajar não apenas para Londres, mas para qualquer outra grande cidade, é se hospedar em um lugar próximo de pontos turísticos, afinal ninguém quer perder tempo em transportes e locomoção quando se vai ficar tão pouco tempo viajando.

Rede de Albergues

Em minhas pesquisas para Hostels (que ainda darão muitos posts nesse blog), me interessei pela rede de Hostels YHA, em especial a unidade YHA St Pancra’s (Adress: 79-81 Euston Road, London, NW1 2QE), que fica, segundo os cálculos do Google Mapas, a cerca de 55 minutos a pé do principal cartão postal londrino: o Big Ben em Westiminster.
Supondo que eu fique nesse albergue, tracei uma rota que, de acordo com o Google, não é a mais rápida, mas na minha opinião, é a mais fácil e passa por alguns lugares que gostaria de conhecer.

O ponto A é a localização do Hostel YHA St Pancra’s e o ponto B é a ponte de Londres em frente ao Parlamento Inglês.

MapaNão sou uma pessoa que tem preguiça de andar, e estando em Londres, prefiro muito mais andar a pé para apreciar tudo o que eu encontrar ao deter meus olhos nos ingleses dentro do metrô. Isso não quer dizer que dispenso qualquer serviço de transporte, mas caminhar e desfrutar de tão bela cidade será um prazer e não um esforço.
Mesmo tendo apresentado o roteiro no mapa acima, em breve vou postar fotos do próprio Google Mapas do que vou encontrar nesse caminho.

Enfim, acredito que o Google será um dos meus professores para entender Londres antes de chegar lá. O trajeto acima já fiz tantas vezes (via web), que acredito e espero não ter problemas por lá. Portanto, enquanto o tão esperado dia não chega, me resta apenas apreciar Londres pela internet e agradecer a Google por trazer, um pouco mais perto de mim, um mundo que existe e que em breve irei conhecer.

Esse post foi publicado em Londres, Planos, Roteiros, Trajetos. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s