The Palace of Westminster

O Palácio de Westminster

Com certeza um dos palácios mais belos e populares de toda a Grã Bretanha, e na minha humilde opinião, um dos mais bonitos do mundo. O Palácio de Westminster, também conhecido como Casas do Parlamento (em inglês Houses of Parliament), é a sede do parlamento britânico. O parlamento é composto por duas câmaras: a Câmara dos Comuns que é formada por deputados eleitos por voto direto e a Câmara dos Lordes, composta por representantes da nobreza e do clero com títulos vitalícios e hereditários, além de personalidades da vida pública nomeados pelo chefe do governo sob o título de Lorde ou Lady.

Visto do lado de fora - Westminster Hall

Atualmente o edifício possui mais de 1.000 salas, 100 escadas e 5km de corredores, caracterizando-o como um dos maiores parlamentos do mundo. A maior parte da construção data do século XIX, porém suas primeiras construções tiveram inicio em 1042 durante o reinado de Eduardo, o Confessor. Entre suas estruturas originais, encontra-se o Westminster Hall, usado para cerimônias públicas e a Torre da Jóia (Jewel Tower).

Torre Vitória

A maior parte da sua construção data do século XIX devido ao incêndio de 1834 que exigiu um grande projeto para a reforma/construção do Palácio de Westminster como hoje é conhecido. Sir Charles Barry e seu assistente Augustus Welby Pugin tiveram o seu projeto escolhido para arquitetar uma construção em estilo Gótico. A primeira pedra foi colocada em 1840. A Câmara dos Lordes ficou pronta em 1847 e a Câmara dos Comuns em 1852. O projeto, entre vários propósitos, também contava com a construção de diversas torres.

A Torre Vitória, com 98 metros de altura situada no extremo sudoeste do palácio, recebe o nome da soberana rainha reinante na época da reconstrução do palácio. A torre abriga os arquivos parlamentares e possui um mastro em seu topo para hastear a Royal Standard (se o soberano estiver no palácio) ou a Union Flag. Na base da Torre Vitória fica a Entrada do Soberano para o Palácio. O monarca usa esta porta para entrar no Palácio de Westminster para o Estado de Parlamento Aberto ou para quaisquer outras cerimônias oficiais.

Royal Standard

Union Flag

Sob o meio do palácio fica a menor das três principais torres, a de Santo Estevão com 91 metros de altura, também conhecida como Torre Central. Originalmente, a torre, que diferentemente das outras possui um pináculo, foi projetada para providenciar a entrada de ar em grande quantidade ao interior do palácio, por isso sua localização é exatamente em cima do Salão Central. Além disso, a torre possui uma forma octogonal, o que também a difere das demais.

Existe também uma torre menor posicionada na frente do palácio, entre o Westminster Hall e o Old Palace Yard (Antigo Pátio do Palácio) que contém em sua base a entrada principal para a Câmara dos Comuns, conhecida como a Entrada de Santo Estevão.

Torre do Relógio - Big Ben

Já ao extremo noroeste do palácio, encontra-se a famosa Torre do Relógio, popularmente conhecida como Big Ben, cuja história encontra-se nesse post, já publicado aqui no blog.

Existem vários pequenos jardins em volta do Palácio de Westminster. Os Jardins da Torre Vitória estão abertos como parque público juntamente com a margem do Tamisa a Sul do palácio. Os Jardins de Black Rod (Bastão Negro – assim nomeados devido a um posto de oficial do Parlamento, o Cavaleiro que Conduz o Bastão Negro) estão fechados ao público e sãousados como entrada privada. O Velho Pátio do Palácio (Old Palace Yard), em frente do edifício, é pavimentado com blocos de betão de segurança. O Verde de Cromwell (Cromwell Green – também em frente do Palácio e encerrado em 2006 para a construção de um novo centro

Jardins da Torre Vitória

de visitantes), o Novo Pátio do Palácio (New Palace Yard) (no lado Norte) e o Verde do Orador (Speaker’s Green) (diretamente a Norte do Palácio) são todos privados e estão fechados ao público. O Verde do Colégio (College Green), oposto à Câmara dos Lordes, é um pequeno jardim triangular usado para entrevistas televisivas com os políticos.

O Palácio de Westminster possui um forte esquema de segurança. As visitações em seu interior são muito limitadas, principalmente a estrangeiros. Existem políticas e meios de se conhecer o local, mas são burocráticos. O indicado para qualquer cidadão britânico ou estrangeiro, é visitar o local durante a Abertura de Verão, que são os dois meses em que o parlamento entra em recesso, o que facilita a permissão para visitação, porém recomenda-se que marque a visita com antecedência.

A noite Palácio de Westminster iluminado

O exterior do Palácio de Westminster – especialmente a Torre do Relógio – é uma das atrações turísticas mais visitadas em Lodres. A UNESCO classificou o Palácio de Westminster, juntamente com a vizinha Abadia de Westminster e a Igreja de Santa Margarida, como Patrimônio Mundial. O Palácio também está listado com o Grau I dos edifícios históricos do Reino Unido. Com certeza, admirar por horas tão belo local, será um prazer inigualável.

Mapa de Londres

Esse post foi publicado em Atrações e Monumentos, História, Londres. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s