London Eye

London Eye - Inverno

Considerada a melhor atração da Europa, não há um turista sequer na Inglaterra que deixe de visitar esse magnífico e exuberante ponto turístico. A British Airways London Eye (nome original), com seus 135 metros de altura, é sem dúvida um dos locais indispensáveis no roteiro de visitas a Londres. Conhecida também como Millennium Wheel (Roda do Milênio), a London Eye é uma roda gigante de observação criada em comemoração ao novo milênio. Através de suas 32 amplas cabines que comportam até 25 pessoas cada, é possível visualizar durante o “vôo” (como assim é chamado o passeio), aproximadamente 55 atrações e pontos turísticos de Londres durante os 30 minutos necessário para uma volta completa, a uma velocidade de 0.26 metros por segundo. Sua vista é tão ampla que em dias de sol, os quais são raros em Londres, é possível ver o Castelo de Windsor e o Aeroporto de Heathrow a 40 km de distância aproximadamente.

London Eye - Pôr do Sol

Apesar de toda sua magnitude e fama, a London Eye era um projeto temporário que passou por problemas desde sua concepção, construção até a inauguração.

No início da década de 90, tendo já em vista o novo milênio, vários projetos estavam sendo apresentados para marcar essa passagem. Na época, o jornal The Sunday Times em conjunto com a Architecture Foundation decidiu iniciar uma competição para a escolha de uma nova estrutura/projeto para a cidade. Os arquitetos David Marks e Julia Barfield (foto a cima à esquerda) tiveram a idéia de criar uma gigantesca roda-gigante que permitisse uma visão de 360º de Londres a partir de cabines de vidro que comportassem várias pessoas de uma vez só. O projeto era totalmente inovador e desafiador, além disso, era, na época do projeto e após sua inauguração, a maior roda-gigante do mundo.Passado algum tempo, o jornal The Sunday Times resolveu cancelar a competição, mas David e Julia não desistiram do projeto. Criaram a empresa Marks Barfield e com o apoio do tablóide londrino Evening Standard tentaram buscar ajudas de custo para o projeto. Quando tudo parecia ter sido em vão, a companhia aérea British Airways apareceu e decidiu custear a construção do projeto.

Julia Barfield e David Marks

A margem sul do Tâmisa próximo ao Palácio de Westminster foi o local escolhido para sua instalação, porém o distrito de Lambeth permitiu que ela ficasse ali por apenas 5 anos, tendo de ser desmontada ou removida dali após esse período. O problema era como levar tamanha estrutura até ali sendo Londres uma cidade com ruas relativamente estreitas e movimentadas. Sendo assim, decidiu-se montar a roda-gigante no próprio local de instalação.

Apesar de ser uma arquitetura Londrina, a London Eye é considerada como um projeto europeu, uma vez que a maioria de suas peças foram importadas de países como Holanda, República Tcheca, França, Itália e Alemanha.

London Eye vista da Torre Vitória (Palácio de Westminster)

Em Setembro de 1999 sua estrutura estava pronta para ser erguida, porém um dos cabos de sustentação se rompeu, adiando em 1 mês e 10 dias até que ficasse “em pé”. As cabines chegaram logo em seguida e após 16 meses de construção a data de inauguração foi marcada: 31 de Dezembro de 1999.

Reveillon Londrino

Tudo estava pronto para o primeiro passeio com a presença do Primeiro Ministro Britânico Tony Blair, porém uma das cabines não passou nos testes de segurança, adiando em mais 1 mês sua abertura a visitação. Mas isso não a impediu de girar, e nos últimos minutos do dia 31 de Dezembro de 1999 Tony Blair acionou o botão que permitiu o início de sua rotação, dando boas vindas ao novo milênio e ao mais novo ponto turístico londrino. Lógico que tal espetáculo contou com uma enorme queima de fogos. A partir dessa data, a London Eye se tornou palco dos Reveillons Londrinos conforme podemos ver no video abaixo, um espetáculo que une o antigo e conservador (Big Ben e suas badaladas) com o moderno e tecnológico (London Eye, suas luzes e show pirotécnico).

Cabine da London Eye

Em 1º de Fevereiro de 2000, o público finalmente teve a chance de entrar na London Eye, que logo em seguida se tornou uma das maiores atrações londrinas e de toda a Europa. Visto sua fama, o distrito de Lambeth concedeu licença permanente a atração. Em 2006 houveram especulações que a South Bank Centre, proprietária do terreno onde a roda-gigante se encontra, queria aumentar exponencialmente o valor do aluguel, porém a British Airways fez um acordo de repasses anuais de pelo menos £500,000.00, através de um contrato válido por 25 anos.

Em 2008 a British Airways parou de patrocinar a atração que hoje é de propriedade da Merlim Entertainment Group, um dos maiores grupos de entretenimento de toda a Europa, que inclusive administra o famoso Museu de Cera de Madame Tussauds.

London EyeA London Eye tem capacidade de atender até 15.000 visitantes por dia. Além dos “vôos” tradicionais, é possível comprar vôo sem fila de acesso com ou sem uma taça de champagne (algumas libras apenas de variação). É possível até reservar uma cápsula só para você! O único problema de comprar com antecedência marcando a hora é que você tem de contar com a boa vontade de São Pedro, ou arriscar fazer o passeio com tempo fechado. No website da empresa é possível comprar os ingressos antecipados com 10% de desconto.A London Eye não é mais a maior roda-gigante do mundo. Atualmente, a maior é a Singapore Flyer inaugurada 11 de fevereiro de 2008 em Singapura na China, porém, o fato de não ser mais a maior do mundo não diminui em nada sua elegância. Em minha opinião, a magnífica vista para a bela cidade de Londres é o diferencial da London Eye, e afinal, cá entre nós, Londres é Londres, e isso basta.

Mapa de Londres

Esse post foi publicado em Atrações e Monumentos, História, Londres. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s